Homem com tornozeleira eletrônica é morto com 13 tiros dentro de casa no Loteamento Três Vinténs


A violência explode em Mossoró e mm pouco mais de quatro dias, já são oito assassinatos. Na madrugada desta terça feira, 01 de outubro de 2019, por volta de 01h00, a cidade registrou mais um homicídio a bala e desta vez no Loteamento Três Vinténs, foi vítima um preso de justiça em liberdade monitorado por tornozeleira eletrônica.

Thaismar Sidney da Silva Andrade, 30 anos, foi executado com cerca de 13 tiros de pistolas calibres .380 e 9 milímetros, dentro de casa, em um residencial localizado na Rua Alfredo Evaristo dos Reis, bem próximo a um bar onde recentemente ocorreu um triplo homicídio nos Três Vinténs. De acordo com informações da Polícia Militar, que foi acionada para o local, homens armados arrombaram a tiros, o portão de entrada do residencial, foram até a casa onde estava o apenado com a família e depois de violar a porta da residência, executaram a vítima.

Ainda de acordo com a PM, na casa estavam também, a esposa, a mãe dele e uma irmã, que tiveram suas vidas poupadas pelos criminosos. A família informou à Polícia Civil, que Thaismar Sidney, respondia na justiça a crimes  de roubo e que há poucos dias havia deixado a prisão e passou a usar tornozeleira eletrônica.

A polícia informou também que o apenado já havia sofrido uma tentativa de homicídio, cujo atentado se deu em junho de 2013 em Mossoró. Após os trabalhos da perícia o corpo do apenado foi removido para ser necropsiado no ITEP. Mossoró chega aos 156 homicídios em 2019.


Fim da Linha

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTARIO

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário