Sistema penitenciário do RN tem 453 presos inscritos no Enem


O Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL) teve 453 detentos inscritos nas 15 unidades prisionais do Rio Grande do Norte. As provas, que serão realizadas nos dias 10 e 11 de dezembro, têm o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A única diferença é a aplicação, que é feita dentro das unidades prisionais.

Para o secretário de Administração Penitenciária do RN, Pedro Florêncio Filho, “a educação é uma forma de contribuir decisivamente no processo de reinserção social dessas pessoas privadas de liberdade”.

O Enem PPL oportuniza o acesso à educação superior, contribuindo para elevar a escolaridade da população prisional. São as seguintes Matrizes de Referência: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da Redação.

Para concorrer ao ProUni (Programa Universidade para Todos) o candidato precisa alcançar, pelo menos, 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação.

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTARIO

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário