[VÍDEO] BIA BEATRIZ NEGA QUE TENHA SIDO VÍTIMA DE HOMOFOBIA


Após 01 mês e 18 dias de tratamento médico no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), a famosa dançarina e travesti mossoroense, Bia Beatriz, resolveu contar, ao programa Patrulha da Cidade, do Ciro Robinson (TV Ponta Negra), o que aconteceu na manhã do dia 16 de agosto em um bar no Centro de Mossoró.
Bia sofreu uma queda no Hotel Caraúbas, e foi encaminhada em estado grave pelo Samu com um ferimento grave na cabeça e sangramento pela boca e nariz.
A Polícia Civil chegou a inciar uma investigação para apurar uma suposta agressão contra a travesti, a pedido da deputada Isolda Dantas (PT). Na época, a parlamentar informou que havia feito um requerimento à Secretaria Estadual de Segurança para que haja “séria e ágil” apuração do caso.
Passado o momento de tensão e mesmo com dificuldade para falar, Bia nega que tenha sido vítima de crime de homofobia. Falou ao repórter que havia bebido demais e acabou caindo. "Não aconteceu nada disso comigo. Eu sou homossexual e não quero que nada aconteça com os outros, mas creio eu que tenha sido a bebida, porque eu tava bebendo muito, aí deu a leseira e cai", conta.
Bia agora se recupera em casa sob os cuidados de seus familiares.

Ismael Souza 

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTARIO

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário