Advogada de Mossoró é presa e autuada por tráfico de drogas


No início da madrugada desta quinta-feira (28) policiais do 2º batalhão de Polícia Militar, sob o comando do Major Andrelino, abordaram um adolescente que estava em atitude suspeita, em Mossoró.

Após realizarem uma revista, os policiais encontram uma certa quantidade de maconha com o adolescente. Ao ser questionado sobre a droga, o rapaz afirmou que havia comprado em uma residência e levou a equipe até o local.

Ao chegarem à residência, ficou constatado que ela pertencia a advogada Maitê Pereira Nobre, de 24 anos. Com ela foi encontrado mais um tablete de entorpecente e dois pés de maconha que estavam sendo cultivados em um vaso.

A advogada foi presa em flagrante e conduzida pela PM, juntamente com as drogas, à Delegacia de de Plantão de Mossoró. Ela foi autuada por tráfico de drogas e encaminhada para o Sistema Prisional, onde ficará à disposição da justiça.

Maytê havia recebido sua carteira da Ordem dos Advogados do Brasil Subseccional de Mossoró (OAB Mossoró) no dia 8 de agosto de 2019. Ela ganhou notoriedade por ser a primeira advogada transexual de Mossoró e a segunda do Rio Grande do Norte.

A OAB Mossoró emitiu uma nota oficial informando que, apesar de o caso não ter acontecido no exercício da profissão, está acompanhando tudo de perto. Confira a nota

NOTA PÚBLICA

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção de Mossoró diante da prisão efetuada em flagrante na madrugada desta quinta-feira (28 de novembro), envolvendo uma advogada inscrita na subseccional, apesar desta prisão não ter sido no exercício da sua profissão, está acompanhando este caso de perto através da diretoria e da Comissão de Prerrogativas da instituição, resguardando a presunção de inocência, as garantias em relação ao contraditório e a ampla defesa da referida advogada”.


Mossoró Hoje

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTARIO

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário