Gilmar Mendes quer julgar ainda este ano condenações de Moro contra Lula. O caso começou a ser julgado em dezembro, mas teve o julgamento interrompido por um pedido de vista do ministro


 Gilmar Mendes
 Gilmar Mendes - Rosinei Coutinho / STF

Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal declarou, neste domingo (17), em entrevista ao jornal Clarín, que espera, ainda este ano, julgar o recurso de defesa do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva contra as condenações impostas ao petista pelo então juiz federal Sergio Moro. 


"É importante que [o recurso de Lula] seja analisado. Certamente o que surgirá no debate é se as razões que estão ali [expostas] são suficientes ou se vamos poder usar aquilo que está nas informações do The Intercept. Espero que seja ainda neste ano", afirmou Gilmar Mendes.

Nenhum comentário

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.