Gilmar Mendes quer julgar ainda este ano condenações de Moro contra Lula. O caso começou a ser julgado em dezembro, mas teve o julgamento interrompido por um pedido de vista do ministro


 Gilmar Mendes
 Gilmar Mendes - Rosinei Coutinho / STF

Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal declarou, neste domingo (17), em entrevista ao jornal Clarín, que espera, ainda este ano, julgar o recurso de defesa do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva contra as condenações impostas ao petista pelo então juiz federal Sergio Moro. 


"É importante que [o recurso de Lula] seja analisado. Certamente o que surgirá no debate é se as razões que estão ali [expostas] são suficientes ou se vamos poder usar aquilo que está nas informações do The Intercept. Espero que seja ainda neste ano", afirmou Gilmar Mendes.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.