ADIAR AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS AGORA?

A politicagem vai imperar até na pandemia! A decisão não precisa ser agora. Não precisamos antecipar os fatos e nem fazer exercício de futurologia.

O mundo inteiro apavorado com a evolução do Coronavírus e aqui alguns, mais uma vez, somente pensam em seus umbigos. É muito triste como muitos dos políticos de nosso país são verdadeiramente uns patifes para não usar um termo mais forte, pois tecnicamente não se deveria, nesse momento, pensar em adiar algo que pode até vir a acontecer, porém temos que viver essa crise de forma atual e gradativa e o mais importante com muita responsabilidade, equilíbrio, ponderação e principalmente republicanismo, qualidade que tem faltado, infelizmente, a maioria de nossos políticos.

Não são todos, mas alguns têm abusados e são contra esses que temos que nos insurgir, mesmo sem generalizar!
Não sou daqueles críticos que demonizam a política e acham que a solução dos problemas está fora dela, mas não deixarei nunca de fazer a crítica que reputo correta como cidadão e sem apontar ninguém em concreto à classe política, que muitas vezes é oportunista e nesse caso nos parece muito claro o seu patente interesse em prorrogar os atuais mandatos, logo se esse é o interesse e talvez seja legítimo discutir por outros fundamentos e não utilizar uma pandemia, que precisa de todos os esforços e a devida concentração ao problema em si!
Sob a ótica que nos interessa, como inclusive alguns políticos mais sensatos já se posicionaram, não há qualquer razão fática para, nesse momento, querer decidir pelo adiamento das eleições municipais e nem muito menos jurídico, pois as fases essenciais do processo eleitoral em que nos encontramos, mesmo com a suspensão operada pela resolução 23.615 do TSE não são diretamente atingidas e podem até ser no futuro, mas nesse exato momento isso não ocorre, como muito bem já se posicionou a atual Presidente do TSE e o futuro, inclusive em entrevista recente, deixando claro o momento oportuno para tal decisão e quem de fato vai decidir isso.

Decisão deve ficar para junho e pelo Congresso, diz Barroso.
Não podemos nos antecipar aos fatos, e mesmo sabendo que o enfrentamento à pandemia demorará mais algum tempo, o próprio Ministro da Saúde em conversa com o futuro Presidente do TSE, foi claro em dizer que só teria uma posição mais definitiva em torno de três ou quatro semanas, daí indagamos, porque temos de decidir isso agora?
Não há qualquer resposta sensata para o questionamento e na realidade o que a gente vê, infelizmente, é o império da politicagem para manutenção do poder pelo poder que reina absoluto ainda em nossa política e que somente como nação desenvolvida que queremos ser, tal prática precisa ser extirpada, pelo menos como regra geral, e isso não é fácil, contudo o que depende de mim, continuarei denunciando como cidadão preocupado em conscientizar os brasileiros que a sua educação política melhorará o país como um todo e atenderá ao final as necessidade de nossa sociedade.
Enfim, quando se chegar pelo menos perto do prazo de registro de candidatura e começar a chamada pré-campanha, já que, por exemplo, o financiamento coletivo autorizado pela recente reforma pode e deve ser feito pela internet, não conseguimos vislumbrar, necessidade, de se discutir o tema do adiamento das eleições municipais!
Agora, quem deve realmente mudar a regra atual, como muito bem já enunciou alguns Ministros do TSE, em especial o seu futuro Presidente Barroso é o Congresso Nacional e que o faça de modo republicano como se espera de todo político e não por interesses escusos, já que as atenções, do momento, devem ser tão somente para a pandemia, aproveitando para clamar aos nossos governantes que se unam, na prática, contra tal inimigo, já que o povo não aguenta vê tantas medidas desconexas e não saber o que cumprir, como já denunciei em vários textos em uma série.
Portanto, precisamos tanto de liderança com exemplos uniformes quanto de posturas consentâneas com os valores constitucionais que devem guiar o povo brasileiro e não atitudes mesquinhas que têm primado nos últimos anos nossa política e levou tanta gente para a cadeia. E depois a culpa de tudo isso é dos Juízes e demais agentes que combatem a corrupção!

Fonte: José Herval Sampaio Júnior, Juiz de Direito/JusBrasil

Nenhum comentário

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.