Mulher dada como morta, tem funções vitais revitalizadas naturalmente em Parelhas RN

O fato aconteceu na cidade de Parelhas, Seridó do estado do Rio Grande do Norte. Uma mulher atendida no Hospital Municipal da cidade com sinais de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e uma para cardíaca, foi dada como morta pelos médicos após procedimentos como tentativas de reanimação, e a não reação as medicações ministradas pela equipe.
Avisados da morte, os familiares da vítima começaram a providenciar toda documentação para liberação do corpo, acionando funerária para proceder com velório e enterro.
Os profissionais da agência funerária ao chegarem no hospital foram surpreendidos com a informação de que a mulher estava viva. A mulher dada como morta, teria voltado a respirar naturalmente quando ainda estava no leito.
Os familiares foram acionados e informados sobre o novo quadro clínico da paciente. O fato aconteceu na manhã de hoje, quinta-feira (18).

Agora RN
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.