Bolsonaro ignorou realidade, e país deve chegar aos 180 mil mortos, diz Mandetta

 

O site congresso em foco destaca que o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta estima que o Brasil possa chegar aos 180 mil mortos por covid-19 até que se encontre uma vacina. Este era o pior cenário traçado por ele no início da pandemia, durante reunião em 27 de março com outros ministros em que, pela primeira vez, projetava um cenário. No mais otimista, contava 30 mil. No mais realista, esperava por 80 mil. Seis meses depois da chegada do vírus, o país deve chegar nos próximos dias os 140 mil óbitos em decorrência do novo coronavírus.

Demitido em abril pelo presidente Jair Bolsonaro, Mandetta é destaque no noticiário desta sexta-feira (25) com o lançamento de um livro em que conta bastidores do início do enfrentamento da pandemia e o seu processo de fritura no governo.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.