MANO MENEZES NÃO É MAIS TÉCNICO DO BAHIA - DENÚNCIA DE RACISMO SERÁ APURADA

 

O Bahia demitiu, na noite deste domingo (20) o técnico Mano Menezes, após a derrota por 4 a 3 para o Flamengo, no Maracanã (RJ), que colocou o time tricolor à beira da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

A direção do clube também afirmou que irá apurar uma denúncia de racismo contra o volante flamenguista Gerson, que teria sido cometido pelo atacante colombiano Juan Ramírez. Ambos os anúncios foram feitos em publicação no perfil oficial do clube nas redes sociais.

O Esporte Clube Bahia comunica que Mano 
Menezes não é mais o técnico do Esquadrão.

Nesta mesma ocasião aproveitamos para anunciar que, em relação à grave acusação de racismo envolvendo o colombiano Indio Ramírez, o clube se posicionará em breve após finalizar a apuração do caso.— Esporte Clube Bahia (@ECBahia) December 21, 2020

Também por meio das redes sociais, a equipe que assessora o treinador emitiu uma nota sobre a acusação de fala racista por parte de um jogador do Bahia.

"Sobre o jogo de hoje: Mano condena qualquer ato racismo e reitera que a violência contra quem comete não é caminho para solucionar a questão. E apoia qualquer avaliação e julgamento justo para que o futebol seja sempre referência positiva na nossa sociedade. Crescemos juntos", diz o texto publicado no perfil do técnico Mano Menezes.

Após o resultado negativo diante do Flamengo, o time tricolor baiano permaneceu com 28 pontos, em 16º lugar do Brasileiro, à frente do Vasco (primeiro no Z-4) apenas devido aos critérios de desempate da competição.

r7
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.