Resgate: Operação liberta 11 trabalhadores de condições análogas à escravidão entre o RN e a PB

 


Imagem: Reprodução
Operação Resgate, anunciada quinta-feira última (28), resgatou até o momento 140 trabalhadores de condições análogas à escravidão em todo o país, com a retirada de 11 trabalhadores de condições degradantes de trabalho na extração do caulim na divisa entre o RN e a PB.
Houve fiscalizações em 23 estados da Federação, cita nota da assessoria de comunicação da Procuradoria Regional do Trabalho da 21ª Região (PTR/RN), em Natal.
A operação teve início no dia 13 de janeiro e é maior força-tarefa de combate ao trabalho escravo já realizada no Brasil.
Integram a operação o Ministério Público do Trabalho (MPT), a Polícia Federal (PF), a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) do Ministério da Economia, o Ministério Público Federal (MPF) e a Defensoria Pública da União (DPU).
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.