VAR ignora lance irregular em gol, Bayern de Munique vence no sufoco o Tigres do México e conquista o Mundial de Clubes.

O Bayern de Munique não jogou tudo o que sabe, mas levou tudo o que pôde. O Gigante da Baviera venceu o Tigres nesta quinta-feira, por 1 a 0, e conquistou o Mundial de Clubes de 2020, no Estádio Cidade da Educação, em Doha, no Catar. Gol de Pavard, aos 13 minutos do segundo tempo, em lance analisado como visivelmente irregular pelos comentaristas de arbitragem.

Foi o sexto título do time dentro do mesmo ano – antes, havia faturado o Campeonato Alemão, a Copa da Alemanha, a Liga dos Campeões, a Supercopa da Alemanha e a Supercopa da Europa. Já a equipe mexicana se despede do torneio com um segundo lugar honroso.

Com acréscimo de informações do Globo Esporte



Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.