Primeira-dama de Riachuelo/RN morre aos 50 anos, vítima de câncer

 

"Maninha" e o prefeito Joca, em 01º de janeiro de 2021. Foto: reprodução.

Ecilvânia Albuquerque, mais conhecida por Maninha, Primeira-Dama da cidade de Riachuelo/RN, tinha 50 anos e enfrentava um câncer no pâncreas.

No último dia 02 de março, ela sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral), o que a fez perder o movimento do braço e da perna do lado esquerdo.

O quadro de saúde inspirava cuidados, esteve consciente e falando normalmente até o último dia, 06. Ontem, terça-feira, 09 de março, seu quadro clínico piorou, e Maninha não resistiu vindo falecer no final da noite. Ela estava internada no Hospital Rio Grande, em Natal. 

Nascida em 01º de agosto de 1970, Maria Ecilvânia de Albuquerque Basílio(Maninha) era natural da cidade de Severiano Melo(município da região do Oeste Potiguar). Há 31 anos era casada com o atual prefeito de Riachuelo Joca Basilio, deixando 3 filhos (Bisneto, Neto e Marquinhos), e 2 netas (Laysa e Anna Tereza).

Em janeiro desse ano ela foi nomeada para o cargo de Secretária Municipal do Trabalho, Habitação, e da Assistência Social de Riachuelo. Maninha possuía graduação em Pedagogia pela UVA, e pós-graduação em Psicopedagogia pelo ISEP. Foi professora da rede municipal de ensino de Riachuelo por mais de 20 anos.

Câmara e Prefeitura de Riachuelo emitiram nota de pesar: 




O prefeito da cidade de Severiano Melo, Jacinto Carvalho, também manifestou nota de pesar em suas redes sociais pela partida da severianense Maninha: 


*Fatos do RN
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.