Desmantelo total; Guedes ameaça demissão e já sugere seu substituto, diz colunista. O ministro da Economia demonstra insatisfação com o orçamento e a relação com o Centrão

 DEMONSTRA INSATISFAÇÃO


Ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes , ameaça se demitir por insatisfação com a relação do governo com o Centrão na questão do Orçamento, que pode desrespeitar o teto de gastos , regra fiscal defendida por Guedes com unhas e dentes. As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

Guedes já chegou a dizer que se for impedido de fazer o que é necessário, que segundo ele, é respeitar o teto de gastos, entrega o cargo sem problemas. O ministro também sugere nos bastidores o seu substituto, o ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho, que diverge sobre a condução da Economia atual.

Enquanto Guedes prega o respeito à responsabilidade fiscal acima de tudo, Marinho defende mais investimentos públicos como forma de superar a crise provocada pela pandemia e gerar empregos.

Segundo a colunista da Folha de S.Paulo , apesar de demonstrar desânimo a interlocutores, Guedes não deve entregar o cargo por vontade própria. Na última sexta, o próprio ministro disse ao UOL que não pretende sair.

(Por iG) 
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.