Absurdo: presidente da CPI do Senado já foi investigado até por pedofilia. Omar Aziz, na época vice-governador do Amazonas, foi investigado pela CPI da Pedofilia, mas políticos amazonenses livraram sua pele

 POLÍTICA  NACIONAL

 O Presidente da CPI do Senado montada para importunar o governo federal, chama-se Omar Aziz. Hoje senador, Aziz foi vice-governador e depois governador do Amazonas, e como se sabe, é acusado de diversos crimes. Três dos seus irmãos e até sua esposa foram presos, acusados de participarem de uma esquema que, segundo o Ministério Público, desviou cerca de R$ 100 milhões do SUS.

Aziz saiu ileso, apesar de ter seu nome citado mais de 250 vezes no relatório. E o presidente da CPI também teve a sorte de se safar de outra investigação ainda mais sinistra: de pedofilia. A ex-senadora Patricia Saboya, presidente da CPI da Pedofilia (que indiciou mais de 200 pessoas por abusos sexuais), contou o seguinte para a revista Isto É, em 2005:

ISTOÉ – Quando a sra. fala em políticos envolvidos com a exploração de menores e nas pressões sofridas pela CPI, está se referindo a algum caso específico?

Patricia Saboya: O caso mais forte foi o do Amazonas. Houve uma intensa mobilização da bancada do Estado e de alguns parlamentares para proteger o vice-governador Omar Aziz, que era suspeito de envolvimento em exploração sexual de menores. Ele acabou absolvido por um voto e foi o único caso de pessoa suspeita a não ser indiciada pela CPI, apesar de ter seu nome incluído no relatório final. (…) O caso do vice-governador do Amazonas teve ampla repercussão e sua inclusão no relatório obedeceu ao mesmo padrão de seriedade adotado em toda a CPI. Foi o momento mais difícil da CPI para mim.

Fazemos aqui uma sugestão aos brasileiros de bem: não chamem essa CPI de CPI. Chamem de CIRCO. É o Circo do Senado, e um circos dos mais deploráveis: liderado por um senador acusado de roubar R$ 100 milhões da Saúde, investigado por pedofilia, e por outro (Renan Calheiros) que já teve 19 inquéritos com seu nome no Supremo. Aliás, é pior que circo: é um show de horrores.


(Por:News Atual)

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.