No adeus de Gerson, Flamengo vence o Fortaleza em noite de Bruno Henrique. Duelo no Maracanã foi marcado pela despedida de Gerson do Rubro-Negro, que chega a 9 pontos com o triunfo pela 6ª rodada do Brasileirão

 BRASILEIRÃO

 Flamengo

 Flamengo

O protagonista da noite desta quarta-feira era Gerson, em sua despedida rumo ao futebol francês, e estava com os holofotes no jogo entre Flamengo e Fortaleza, no Maracanã, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas Bruno Henrique fez questão de os atrair para si e, letal como em seus melhores tempos, marcou duas vezes na suada vitória por 2 a 1. David descontou.

ERROU, ERROU E BH NÃO PERDOOU

Ao seu estilo nada ortodoxo, Felipe Alves foi o responsável direto pela primeira grande oportunidade da partida e... do Flamengo. Em saída equivocada, a bola parou em Vitinho, que, de fora da área, demorou a acreditar que estava com o caminho livre para finalizar. E isolou quando o fez. Mas o Fortaleza, encurralado em seu campo de defesa, seguiu sendo displicente ao trocar passes atrás.

 E foi assim que o Fla, na casa dos 20 minutos, abriu o marcador. Atordoado como o restante do time, Felipe saiu jogando errado em sua área e viu Bruno Henrique roubar a bola e a tocar com imensa classe no cantinho - Arrascaeta assinaria o arremate. Na comemoração, o elenco rubro-negro se reuniu com Gerson para fazer o "vapo" coletivo.

E BH QUERIA MESMO OS HOLOFOTES

A fim de evitar uma zebra em plena despedida de Gerson, Bruno Henrique voltou a ser cirúrgico e marcou em contragolpe quando teve uma nova chance - o que não ocorreu com Michael, em puxada veloz do meio, e Yago Pikachu, que, do outro lado, isolou a principal oportunidade do Tricolor.

O Flamengo mandou no primeiro tempo do apito inicial ao do intervalo - deu incríveis 14 finalizações neste ínterim. Quase um monólogo, se não fossem duas raras estocadas, contestadas pela defesa, do Fortaleza, que passou longe de ter êxito na proposta de sair de pé em pé.

DESCONTO RELÂMPAGO

Juan Pablo Vojvoda acionou duas mudanças para reiniciar o jogo (Ronaldo e Romarinho entraram pilhados). E os visitantes promoveram um lance de almanaque no primeiro - literalmente - ataque do segundo tempo. David deu uma bela chapada após trama coletiva e vasto terreno deixado pelo Flamengo ao fazer a transição defensiva. Um desconto relâmpago do placar.

O QUE ROLOU NA RETA FINAL

O Fortaleza passou a se atirar e a acreditar no empate. O Leão do Pici viu que o Flamengo voltara a ter uma recomposição ruim e chegou perto de marcar o segundo gol em alguns lances. Diego Alves teve que suar e realizar defesas cruciais para evitar a segunda zebra consecutiva de um oscilante Flamengo, que reencontrou o caminho das vitórias na base do sufoco na reta final.

'THE LAST VAPO'

A derradeira aparição de Gerson com a camisa do Flamengo foi um capítulo à parte. Em boa parte do jogo, possivelmente por um aparente nervosismo e ansiedade de protagonizar um lance decisivo, o camisa 8 não conseguiu ser eficaz na articulação como é de costume.

Com a mexida dupla de Rogério Ceni, pondo Gomes para ser o cão de guarda, Gerson passou a ter mais liberdade e foi atuar como meia, mais perto da área. E pisando nela, escorou uma bola da pequena área que parecia ser um "gol certo", mas parou em defesa incrível de Felipe Alves. Saiu zerado, porém com uma vitória e bonita homenagem dos agora ex-companheiros.

PRÓXIMOS DESAFIOS

Agora, o Flamengo, com nove pontos (em quatro jogos), enfrenta o Juventude às 11h deste domingo, fora. Já o Fortaleza, estacionado nos 11 pontos, visita o Grêmio no mesmo, às 20h. Ambos os jogos serão pela 7ª rodada do Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X FORTALEZA - 6ª RODADA DO BRASILEIRO
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 23 de junho de 2021, às 19h
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
​Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa/RS) e Michael Stanislau (RS)
Árbitro de vídeo: José Claudio Rocha Filho (SP)
Gramado: ruim
Cartões amarelos: João Gomes (FLA) / David (FOR)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Bruno Henrique, 21'/1ºT (1-0) e 42'/1ºT (2-0); David, 1'/2ºT (2-1)

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni)
Diego Alves; Matheuzinho, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís (Renê, 36'/2ºT); Diego (Hugo Moura, 46'/2ºT), Gerson, Vitinho (João Gomes, 21'/2ºT) e Michael; Bruno Henrique e Pedro (Rodrigo Muniz, 21'/2ºT).

FORTALEZA (Técnico: Juan Pablo Vojvoda)
Felipe Alves, Tinga, Marcelo Benevenuto e Titi; Éderson, Felipe (Ronald, intervalo), Yago Pikachu, Matheus Vargas (Romarinho, intervalo) e Lucas Crispim; Wellington Paulista (Robson, 26'/2ºT) e David (Igor Torres, 37'/2ºT).

 

(Por 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.