SÉRIE D: ABC E AMÉRICA SE ENFRENTAM NESTE DOMINGO (22) EM BUSCA DA LIDERANÇA DO GRUPO A3

 Em busca da liderança do grupo A3, ABC e América medem forças no Frasqueirão


Copa Cidade do Natal: América 1 a 0, Copa RN: ABC 3 a 1, Jogo de ida na Série D: ABC 3 a 2. Esse é o histórico dos confrontos entre os dois principais rivais do Rio Grande do Norte na temporada de 2021, marcado pelo equilíbrio de forças, mas com uma ligeira vantagem para o lado alvinegro. É exatamente esse equilíbrio que se espera novo encontro entre ABC e América, equilíbrio, mas no atual momento da competição apesar de estar na segunda colocação, um ponto atrás do Alvinegro, a equipe comandada por Renatinho chega ao clássico com uma campanha mais sólida, enquanto o time de Moacir Júnior peca pela oscilação.

A partida marcada para este domingo, às 16h, no Frasqueirão, vai colocar frente a frente dois comandantes de aproveitamento idênticos. Desde que assumiu o comando americano Renatinho não sabe o que é perder e da última vez que mediu forças contra o ABC para cá, o aproveitamento do técnico é de 75%. Mas apesar de satisfeito com a subida de produção da equipe, ele acredita que ainda falta muito trabalho para realização do encaixe ideal da nova equipe americana.
"Clássico é um jogo diferente. Para a cidade, a imprensa e, por isso, é considerado um campeonato à parte. Já estive dos dois lados, conheço bem como é essa competição particular, então sei bem como fazer do meu lado. Nós iremos pegar um adversário forte, com o América vivendo um momento bom no Brasileirão, mas apesar dos resultados animadores, reconhecemos que ainda falta muito trabalho para a gente conseguir encaixar a equipe. De minha parte espero que esse encaixe ocorra o mais rápido possível e que a gente possa realizar um confronto bem equilibrado contra o ABC", destacou o treinador.

Renatinho conhece bem o oponente, ele vai encarar o ABC pela quarta vez na temporada, as três anteriores foram pelo Globo e no comando do Santa Cruz, então essa será sua primeira experiência como treinador num clássico. Nas partidas contra o Santa Cruz, no returno do Campeonato Potiguar e na final da Copa RN, a equipe de Moacir Júnior sempre apresentou muita dificuldade para deixar o campo com os três pontos.

Já o Comandante do ABC, que está há mais tempo no comando, devido a oscilação apresentada pela equipe na disputa do Brasileirão, no recorte dos mesmos 24 pontos disputados do último clássico até aqui, possui um aproveitamento inferior ao do oponente de ocasião, já que conseguiu ganhar 54% dos 24 pontos colocados em disputa.
Mas em se tratando do universo de partidas realizadas no comando abecedista, esse aproveitamento sobe para 65% dos pontos disputados. Dos 49 pontos colocados na mesa, ele conseguiu levar 45 para o ABC, nas disputas da Copa RN, Copa do Brasil e da Série D. A campanha do seu clube vem sendo marcada por reações no momento certo e isso fez com que a equipe se mantivesse na liderança do grupo 3 desde a segunda rodada. O máximo que os adversários conseguiram na disputa foi reduzir a diferença para primeira colocação, mas nunca chegaram a ameaçar de forma direta, como o América está ameaçando hoje.

O goleiro Wellington, uma das peças mais importantes do atual elenco abecedista, reconheceu o problema da oscilação da equipe, mas acredita que como das outras vezes o grupo irá conseguir dar uma resposta no momento certo e por isso vai entrar no clássico confiante em manter a ponta do grupo, que após a garantir a vaga na segunda fase, passou a ser o único objetivo da equipe.

"Clássico é uma competição à parte, nós temos todo potencial para ambicionar uma vitória e manter essa liderança. No grupo todos estão focados nesse objetivo. Estamos dispostos a realizar um bom jogo mesmo com as dificuldades dos desfalques que teremos. Nossa meta é ir com tudo para cima do nosso adversário para conseguir manter essa liderança", ressaltou.

Para o experiente goleiro, o fator Frasqueirão, onde o clube conquistou 80% dos pontos disputados no Brasileiro, pode interferir favoravelmente ao Alvinegro, que vem dando mostras suficiente da força que tem quando atua dentro de casa. Wellington acredita que o fato de estarem disputando a ponta de cima da classificação, já será o suficiente para que todos dentro de campo encarem esse compromisso como uma final de campeonato.

"É um jogo diferente e teremos a vantagem de jogar em casa, onde o nosso time é forte. Tenho certeza de que não iremos repetir os erros da rodada passada e que iremos fazer um excelente jogo. Volto a frisar que vamos entrar muito concentrados em campo com o objetivo de manter a liderança do grupo. Falta pouco para encerrar a primeira fase e vamos fazer de tudo para não perder a colocação. Há bastante tempo estamos na liderança e não será agora que iremos deixar escapar.", destacou.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.