Agentes da Anvisa entram em campo, interrompem partida, e Messi protesta: "Por que não autuaram antes?"

 

Agentes da Anvisa e da Polícia Federal entraram em campo para retirar quatro jogadores da Argentina durante o primeiro tempo da partida contra o Brasil, neste domingo, na Neo Química Arena, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

São eles: o goleiro Emiliano Martinez, os meia Emiliano Buendia e Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero. Os quatro atuam na Inglaterra.

A bola estava rolando e o jogo foi paralisado com seis minutos de partida. Em seguida, todos jogadores da Argentina saíram e foram para o vestiário na Neo Química Arena.

Os quatro jogadores da Argentina foram ameaçados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de deportação, mas mesmo assim seguiram para o jogo. A Conmebol e a CBF entraram em contato com Governo Federal para administrar a situação.

O repórter Eric Faria, da TV Globo, flagrou conversa entre Tite, Lionel Scaloni, Messi, Neymar e outros jogadores. O craque argentino dizia:

- Por que não autuaram antes? - disse o jogador, já de colete, dentro de campo.

Ao questionar Scaloni se iria jogar, Eric Faria ouviu:

- Eu não decido - respondeu.

 Veja mais aqui.


Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.