Apos ataque do apresentador Ratinho contra parlamentar potiguar, governadora se pronuncia e diz que " incitar a violência é crime



O apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, comentou que gostaria de “pegar uma metralhadora” para a deputada potiguar Natália Bonavides (PT-RN) nesta quarta-feira 15. A declaração foi feita no programa “Turma do Ratinho”, transmitido na Massa FM do Paraná. Na ocasião, ele criticou a atuação parlamentar na Câmara dos Deputados. A petista foi às redes sociais para rechaçar o posicionamento e teve apoio de diversas personalidades.


“Natália, você não tem o que fazer, minha filha? Vá lavar roupa, vá costurar a calça do seu marido, a cueca dele … Isso é uma imbecilidade querer mudar esse tipo de coisa. A gente tinha que eliminar esses loucos. Não dá para pegar uma metralhadora?“, disparou Ratinho, que teve apoio dos demais integrantes do programa.


A parlamentar publicou o vídeo nas redes sociais e criticou a ação. “O apresentador Ratinho sugeriu que eu fosse metralhada, em programa visto por milhares de pessoas. Incitar homicídio é crime! Ele coloca a minha vida e minha integridade física em risco. Ratinho ainda disse que eu fosse lavar as cuecas de meu marido”, afirmou.


A parlamentar potiguar teve apoio de vários lideres potlicos do Brasil, inclusive da governadora Fátima Bezerra que disse em seu twitter;


“ A violência política e de gênero praticada contra a deputada @natbonavides é inconcebível e não pode mais existir em nosso país. Incitar a violência é crime. Não é a isso que se devem prestar as concessões públicas.”

 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.