PREFEITA NEGACIONISTA MARINEIDE DINIZ NEGA CORTE DE TERRA AOS AGRICULTORES FAMILIARES


Toni Martins - Todo Mundo lê!: Prefeita Marineide Diniz de volta ao gabinete

As práticas adotadas no primeiro ano da gestão da prefeita Maineide Diniz -DEM, ficaram marcadas pelo seu modelo NEGACIONISTA contra o desenvolvimento do nosso município. Com R$ 12 milhões de reais só de royalties arrecadados, sendo um diferencial bastante robusto, já que a grande maioria dos  municípios do RN não tem royalties. Mesmo assim não se ver um planejamento e execução dos recursos públicos que venha beneficiar os munícipes carnaubenses. Veja as práticas do NEGACIONISMO.

 

Primeiro, Carnaubais é um município de economia agrícola e pecuária, desde que o município foi emancipado que o seu primeiro prefeito eleito Valdemar Campielo, comprou um trator para que pudesse ajudar com corte de terra os agricultores irrigantes. A prefeita Marineide Diniz negou durante todo o ano de 2021, esse atendimento aos agricultores irrigantes.


Segundo, O município tem um programa que no período chuvoso cortava 2 horas de terra para os agricultores. A própria prefeita licitou e divulgou no ano passado atendimento a 1.100 agricultores cadastrados na Secretaria de Agricultura. Esse ano está cobrando uma taxa de 70 reais para realizar o corte de terra. Depois de uma revolta por parte das associações comunitárias, a prefeita Marineide Diniz recuou um pouco e garantiu o corte de terra grátis de 2 horas para o agricultor que estiver cadastrado no Seguro Safra, que representa apenas 400 agricultores. E os 700? E os irrigantes no período de verão?

 

Terceiro, sem nenhuma política ambiental desenvolvida, negou o direito a sombra ao derrubar de forma arbitrária e criminosa centenas de árvores de nim plantadas em nossa cidade. Parando sobre forte pressão de moradores que proibiram o corte em frente as suas residências. 


O modelo negacionista, tem levado: sofrimento, empobrecimento e retrocesso em nossa Carnaubais.


 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.