MÉDICO É CONDENADO A 22 ANOS DE PRISÃO POR MATAR IDOSA EM PATÚ-RN


Nesta terça-feira, 08 de março a 1ª Reunião Ordinária de 2022, onde ocorreu a 2ª Sessão de Julgamento do Tribunal do Júri Popular realizado no Plenário do Fórum Municipal Desembargador Dr. Silveira Martins, situado a Rua das Carnaubeiras no Bairro Costa e Silva em Mossoró no Rio Grande do Norte, presidido pelo Juiz de Direito Dr. Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros,
Sentando no banco dos réus, o médico Wilson Edino de Freitas Jales , réu preso no Centro de Detenção Provisório de Ceará Mirim, por infração ao artigo 121, § 2º, I e IV, e artigo 121, § 2º, I e IV artigo 14, II, todos do Código Penal, por motivo fútil com uso de arma de fogo assassinou a anciã em janeiro de 2019 Francisca Alves da Silva Oliveira de 69 anos na cidade de Patú-RN. (RELEMBRE)
Também tentou contra a vida do seu esposo Raimindo Nonato de Oiveira , não conseguindo êxito por consequências alheias a sua vontade, Seu Raimundo conseguiu escapar da morte adentrando numa área de mata.

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte foi representado neste julgamento como acusação, pelos promotores de justiça Drs. Vinicius Lins Leão e Augusto Carlos Rocha de Lima e na defesa do réu atuou os advogados Drs. Olavo Hamilton Ayres e Leandro Dantas de Queiroz.

 O Egrégio Conselho de Sentença representado por sete membros da sociedade, por maioria absoluta, acompanhou a tese levantada neste julgamento pelos Drs. Vinicius Lins Leão e Augusto Carlos Rocha de Lima Promotores Públicos, condenando o réu.

Sendo assim o presidente do tribunal do júri Dr. Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, leu o relatório final do julgamento, anunciando a sentença condenatória de 22 anos de prisão inicialmente no regime fechado, em desfavor do réu.

Passando na hora 
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.