NAMORADA DE MONIQUE EVANS É FLAGRADA GUARDANDO PERFUME EM BOLSA DENTRO DE LOJA E ACABA DETIDA PELA POLÍCIA FEDERAL; ASSISTA

 

Foto: Reprodução / Instagram

No último sábado (19), a DJ Cacá Werneck foi detida pela Polícia Federal acusada de furtar perfumes em uma loja no aeroporto de Confins, em Minas Gerais. Um vídeo do circuito interno de monitoramento do estabelecimento mostra o momento em que a namorada de Monique Evans guarda um perfume dentro da mochila.

Diante das imagens, a polícia foi acionada e ela foi conduzida à delegacia. Cacá foi liberada horas depois após pagar uma fiança no valor de R$ 3 mil, por ter a necessidade de cumprir um horário de trabalho. Em contato com o colunista Leo Dias, do site Metrópoles, a DJ explicou que ganhou de brinde da vendedora após ter comprado mais de mil reais em mercadorias, o que foi comprovado através de nota fiscal.

“Estou me sentindo muito injustiçada, mas graças a Deus, o meu advogado é muito bom. Eu estou com as notas fiscais que comprovam que tudo o que levei comigo foi pago. Todos os perfumes foram pagos à vista com o meu cartão de débito”, disse ao explicar que colocou na bolsa amostras dos produtos.

A versão foi reforçada por sua namorada, a ex-modelo Monique Evans, em contato com a colunista Fábia Oliveira, do site Em Off. “A Cacá comprou dois perfumes no débito, quase dois mil reais, e a moça disse que ela podia escolher uma fragrância de brinde e gravaram ela escolhendo a fragrância. Ela escolheu a fragrância e achou que aquilo era o brinde. Houve um grande mal entendido. Era um negócio bem pequenininho, que já estava aberto, ela achou que aquilo que era o brinde”, explicou.

Bnews

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.