O FILHO DO SAUDOSO AGNELO ALVES ESTÁ MAIS PERDIDO QUE CEGO EM TIROTEIO

Em Angicos, o presidente estadual do PDT Carlos Eduardo Alves, em entrevista a uma rádio local, esqueceu do pré-candidato à presidência da República pelo seu partido, Ciro Gomes e, literalmente, fez campanha para o pré-candidato petista Luiz Inácio Lula da Silva. Esta pode ser uma forma de querer agregar petista em torno da sua possível composição com a governadora Fátima Bezerra (PT). “Cadê a parceria com o governo federal? Só tem o quê? Perseguição e desrespeito ao povo do Rio Grande do Norte. Agora, Lula ganhando a presidência da República, como vai ganhar, e vai ganhar, inclusive aqui em Angicos, porque eu tenho a pesquisa e Lula vai ter 70% dos votos de Angicos”, disse o pedetista.

Carlos Eduardo Alves, que em 2018 e até pouco tempo atrás era um fiel defensor do presidente Jair Bolsonaro (PL), classificou o governo federal como criminoso.” Aí vocês vão ver Fátima reeleita e o presidente Lula fazendo por ela, não nos quatro anos seguintes, mas pelos quatro anos que passou e que esse governo federal, através da perseguição, através do comportamento miúdo, do comportamento criminoso contra o Rio Grande do Norte”, afirmou.

E completou: “O RN vai ser resgatado. O RN ficou oito anos com salários dos servidores atrasados. O RN não pagava suas contas, afundado em dívidas. Era um estado caloteiro. Hoje o estado do RN está em dia. E com Lula presidente, nós vamos sim fazer com que o RN tire o atrasado desses quatro anos sob o tacão do governo federal perseguidor e discriminatório contra o povo do RN”.

Percebe-se que o ex-prefeito de Natal não gosta mesmo de votar no candidato do PDT, Ciro Gomes. Em 2018, fez campanha para Bolsonaro e agora faz para Lula. Em Natal, quatro vereadores pedetista – presidente da Câmara Municipal Paulinho Freire, Felipe Alves, Robson Carvalho e Aldo Clemente – conseguiram liminar na Justiça Eleitoral e uma das alegações para deixar a sigla seria o de querer concorrer ao pleito de outubro por outra legenda – a União Brasil -, visto que no atual partido o presidente Estadual não se preocupou com possíveis e viáveis candidaturas proporcionais para a pleito de outubro.

PDT nacional não reconhece candidatura de Carlos

Como divulgou o blog de Thaisa Galvão na semana passada, o PDT nacional ainda não reconhece a candidatura ao senado do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, na chapa da governadora Fátima Bezerra (PT). Nesta segunda-feira 21, em contato com o escritório de advocacia Walber Agra, que representa o PDT nacional, a reportagem do AGORA RN confirmou o fato.

Walber Agra Advogados Associados, com sedes em Recife e Brasília, já apresentou as razões do partido na ação de justificação de desfiliação partidária interposta pelo vereador de Natal Felipe Alves (PDT). Acredita-se que fará o mesmo para as demais ações. Vale lembrar que os vereadores obtiveram liminar para deixar a legenda sem perder o cargo eletivo na Câmara Municipal de Natal. Agora, falta a resolução do mérito dos quatro processos. Lembrando que para qualquer decisão ainda cabe recurso para o Tribunal Superior Eleitoral.

Outro assunto trazido pelo blog de Thaisa Galvão foi que Carlos Eduardo Alves como presidente estadual da comissão provisória do partido, destituiu a vereadora Nina Souza da presidência do partido em Natal. Tudo indica que tal decisão teria sida ocasionada porque a presidente municipal do PDT não se opôs a desfiliação de seus colegas, visto que, em todas as ações que tramitam no TRE-RN, os vereadores Paulinho Freire, Felipe Alves, Robson Carvalho e Aldo Clemente alegaram que a direção municipal reconheceu a existência de justo motivo para suas desfiliações, tendo assinado anuência sem as perdas dos mandatos na forma do art. 17, § 6º, da Constituição Federal. E todas as foram assinadas em reunião extraordinária do órgão municipal em 03 de março de 2022.

Até o fechamento desta edição, às 17 horas da segunda-feira 21, a reportagem não conseguiu uma declaração por parte da vereadora Nina Souza sobre o episódio da sua destituição.

Agora RN 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.