MÉDICA É MORTA ENFORCADA POR MORADORES DE RUA QUE ELA AJUDAVA

 

Foto: Reprodução

A médica Delma Saud Salles, 81 anos, foi encontrada morta no próprio apartamento com uma blusa enrolada ao pescoço – com indícios de enforcamento – e sinais de agressão, em Uberaba (MG). A suspeita é de latrocínio, roubo seguido de morte. Duas pessoas em situação de rua são suspeitas de cometer o crime.

Segundo o boletim registrado na Polícia Militar, o taxista que costumava levar a médica ao trabalho ligou para a filha da vítima após não obter retorno de Delma nessa segunda-feira (30/5). Ao entrar na residência, a pedido da filha, o motorista encontrou o corpo da idosa.

A herdeira da médica informou à corporação que a mãe ajudava dois moradores de rua que pediam comida e dinheiro na porta do apartamento. Ainda conforme a PM, uma dessas pessoas foi ao local e ficou sozinha com a idosa enquanto a filha da vítima estava na padaria.

Os dois suspeitos, um homem de 42 e uma mulher de 40 anos, foram identificados pelas câmeras de segurança do prédio. Eles foram detidos e encaminhados à delegacia.

Metrópoles

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.