SERVIDORA DO TJ É PRESA SUSPEITA DE COBRAR R$ 2 MIL PARA AGILIZAR PROCESSO; VEJA

 

Foto: Reprodução

 

A servidora terceirizada da 5ª Vara da Família do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), Kelly Layane Rodrigues Ferreira Gomes, 26 anos, foi presa em flagrante nessa segunda-feira (16) sob suspeita de corrupção passiva. Ela recebeu o valor de R$ 2 mil que seria para agilizar uma sentença.

A prisão foi realizada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) e Delegacia Especializada no Combate à Corrupção (DECOR). Kelly Layane teria cobrado R$ 2 mil para uma pessoa com o objetivo de agilizar um trâmite processual de uma ação de separação cumulada com pensão alimentícia ajuizada em 2013.

A servidora entrou em um veículo modelo Palio Weekend, em frente ao Fórum, para pegar o dinheiro que já havia negociado. Logo em seguida, ela saiu do carro com um envelope cheio de dinheiro e foi abordada pelo delegado Laercio Evangelista e os agentes do GRECO.

Kelly Layane foi conduzida á sede do Greco e se manteve calada durante depoimento. O Tribunal de Justiça do Piauí disse que estão sendo adotadas todas as providências legais, como a abertura de Processo Administrativo Disciplinar caso haja indícios suficientes, obedecendo a todos os preceitos legais.

Justiça Potiguar

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.