SUSPEITO DE MATAR VENDEDORA EM PARNAMIRIM É CONDUZIDO AO ITEP

 

Foto: Reprodução/TV Tropical

Um dos suspeitos de matar a vendedora Ana Bruna Rodrigues, de 22 anos, foi conduzido ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep-RN), nesta segunda-feira (02), para passar por um exame residuográfico. O homem, que ainda não teve o nome revelado, seria ex-namorado da vítima. A mulher foi morta a tiros, na última sexta-feira (29), dentro de um armarinho no Centro de Parnamirim.

A chegada do suspeito à sede do Itep-RN foi registrada, com exclusividade, pela equipe de reportagem da TV Tropical. Nas imagens, é possível ver o homem de camisa branca entrando na unidade. Sem utilizar algemas, ele é acompanhado por dois policiais da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Parnamirim.

No Itep, o suspeito passa por um exame residuográfico, que procura vestígios de metais, como chumbo e cobre, nas mãos e roupas. A presença desses resíduos pode indicar o uso recente de uma arma de fogo por parte da pessoa examinada.

Na manhã desta segunda-feira, o homem também compareceu à delegacia, onde prestou depoimento. O caso ainda está sendo investigado. Não há a confirmação ainda se este homem, apontado como ex-namorado da vítima, seria realmente o autor do crime. Além disso, a polícia também não chegou à motivação do assassinato.

Relembre o caso

Na última sexta-feira (29), Ana Bruna Rodrigues, de 22 anos, foi morta a tiros dentro de um armarinho no Centro de Parnamirim. Ela era funcionária do estabelecimento.

De acordo com as informações da polícia, um homem encapuzado chegou ao local procurando a mulher. Ao localizá-la, ele sacou a arma e efetuou pelo menos três disparos à queima-roupa. Em seguida, fugiu.

Câmeras de segurança do estabelecimento flagraram a ação. A vítima estava organizando mercadorias em uma prateleira quando o homem chegou. Ao ser identificada, ela fica em pé e se curva sobre o balcão. No momento em que é assassinada. (Veja o vídeo abaixo)

A vítima não resistiu e morreu no local. A Polícia Militar foi acionada, fez buscas pelo suspeito, mas ninguém foi localizado. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foi acionado para colher as primeiras informações e recolher o corpo. A motivação para o crime é desconhecida. A Polícia Civil investiga o caso.

Portal da Tropical

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.