Governadora visita Hospital Tarcísio Maia e discute abertura de nova UTI

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A governadora Fátima Bezerra realizou uma visita técnica ao Hospital Regional Tarcísio de Vasconcelos Maia, durante a agenda da instalação do Governo do Estado em Mossoró. A chefe do Executivo pôde constatar o 30° dia sem pacientes nos corredores do maior hospital da capital do Oeste Potiguar e discutir as medidas para abrir os 20 leitos da unidade de terapia intensiva (UTI) que estão fechados por falhas no projeto.

A diretora administrativa Herbenia Ferreira relatou durante a reunião as mudanças promovidas no hospital que proporcionaram a melhoria no atendimento para a população do Oeste Potiguar e a retirada das macas dos corredores.

"Constatamos que o hospital faz mensalmente mais de 5,6 mil atendimentos de urgência e emergência, que é realmente o perfil da unidade, e 11 mil de atendimentos que seriam para unidades básicas. Por isso montamos a central de regulação de pacientes, proporcionando um novo fluxo no atendimento, e ampliamos a parceria com o Hospital Rafael Fernandes para receber pacientes estáveis", afirmou Herbênia.

A governadora elogiou o trabalho da equipe e ressaltou a dedicação dos servidores nesta nova etapa da gestão do Tarcísio Maia. "O trabalho dedicado que está sendo feito pelos servidores é o que a população merece, com um atendimento humanizado, de qualidade e alta eficiência. Todos sabemos que não é fácil, mas com espírito público é possível", conclui Fátima Bezerra.

Os vereadores Alex do Frango e Genilson Alves acompanharam a visita para colher informações sobre o Tarcísio Maia e levar à população de Mossoró. "Nós ja sentimos o avanço do Tarcísio Maia no dia a dia junto à população e estamos aqui vendo o trabalho da gestão de perto. Ficamos muito felizes de ver a governadora comprometida com Mossoró", declarou Genilson.

Ainda durante a visita, a governadora reafirmou o compromisso da gestão em inaugurar os 20 leitos de UTI que estão fechados no Hospital Tarcísio Maia. A obra encontra-se com uma série de entraves por erros em especificações técnicas no prédio, situação que perdura por anos e está sendo discutida na Justiça. A abertura dos leitos é essencial para a saúde pública da região, pois ajudará a diminuir o déficit de UTIs e melhorar a prestação de serviços. "Para tratar com dinheiro público é preciso ter muito cuidado, porque acima de tudo isso tem a ver com a vida do povo. Pude constatar essa situação aqui na UTI fechada no Tarcísio Maia. Vou acompanhar essa situação de perto e determinar que seja resolvida o mais rápido possível, para benefício da população", apontou Fátima.

O secretário estadual de Saúde Pública, Cipriano Maia, já visitou a obra durante esta semana e acionou a Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN) para montar um diagnóstico da situação, pois os equipamentos da UTI seguem encaixotados e a população sem atendimento.

A reunião contou ainda com a participação da deputada estadual Isolda Dantas, parte da equipe gestora do Hospital Tarcísio Maia - diretor médico Liginey Oliveira e diretora técnica Lana Lacerda -, e a gerente da Segunda Unidade Regional de Saúde Pública (Ursap), Emiliana Cavalcanti.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, pessoas em pé e área internaA imagem pode conter: 1 pessoaA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e área internaA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área internaA imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área internaA imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas, mesa e área internaA imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas, mesa e área internaA imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e área internaA imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e área internaA imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em péA imagem pode conter: quarto e área internaA imagem pode conter: 4 pessoas, área internaA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em péA imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e área internaA imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área internaA imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sentadasA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTARIO

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário