Pleito na Argentina: Novo presidente da Argentina defende libertação de Lula e eleva risco de atrito com Bolsonaro


Bloomberg) — Alberto Fernández prepara o terreno para sua primeira disputa diplomática antes mesmo de assumir o cargo de presidente argentino. Uma hora após sua vitória nas eleições, ele pediu que Luiz Inácio Lula da Silva seja libertado da prisão.
Fernandez disse a seus apoiadores em Buenos Aires que Lula foi preso injustamente. Embora ele tenha feito comentários semelhantes durante a campanha, a decisão de voltar a mencionar o assunto após as eleições abre um risco de atrito com o presidente Jair Bolsonaro.
Bolsonaro, em uma viagem à Ásia e ao Oriente Médio, lamentou a vitória de Fernández, dizendo que não vai parabenizar o presidente eleito, mas também não se voltará contra ele, segundo a Folha de S.Paulo.

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTARIO

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário