Cabeleireira é encontrada morta com sinais de violência na zona rural de Mossoró

 

O corpo da cabeleireira Maria Divani de Souza, de 45 anos de idade, foi encontrado dentro do quarto da sua residência, no Assentamento Maracanaú, na zona rural de Mossoró, no inicio da noite desta segunda-feira, 05 de outubro, apresentando cortes e perfurações, nas costas e em regiões letais como pescoço e rosto. 

O crime pode ter ocorrido na tarde de sábado, dia 03, mas o corpo, já no início do estado de decomposição, só foi encontrado na noite de hoje.

Segundo informações, a cabeleireira teria sido vista em público na tarde de sábado. Seus familiares tentaram conversar com ela através dos grupos de WhatsApp, mas como ela não respondeu e nem visualizou as mensagens, eles foram a sua procura e a encontraram morta ao lado da cama dentro do quarto da residência, onde morava sozinha.

A família acionou a polícia militar, que estranhou as condições do estado do corpo e acionou a Delegacia de Plantão e o Itep.

Segundo informações de familiares a vítima trabalhava em casa, no Assentamento, como cabeleireira e duas vezes por semana fazia faxina numa residência aqui em Mossoró.

A equipe da Delegacia de Plantão ouviu familiares da cabeleireira que apontou um possível suspeito para o crime. 

O caso deverá ser repassado para a Delegacia de Homicídios de Mossoró

o câmera

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.