MOSSORÓ- O Ministério Público Eleitoral (MPE), ingressou nesta quarta-feira, 16, com uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o prefeito eleito e diplomado Allyson Bezerra (Solidariedade), e seu vice, Fernandinho das Padarias (PSD) por suposto abuso de poder político.

 

As informações colidas pelo MPE revelam em seu conteúdo que o prefeito eleito teria usado verba de gabinete da Assembleia Legislativa para fazer publicações patrocinadas nas redes sociais durante a pré-campanha e a campanha eleitoral.
Na investigação foram identificados os IPs de várias postagens realizadas durante a campanha eleitoral, feitas de dentro do gabinete em Mossoró, prédio localizado na Rua Pedro Velho pago com recursos da verba indenizatória da Assembleia Legislativa.
O MPE pede a cassação do registro de candidatura, bem como a inelegibilidade de Allyson e Fernandinho por um período de oito anos e a convocação de novas eleições (suplementares).
Allyson e Fernadinho têm cinco dias para apresentarem as suas defesas.

Ismael Sousa
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.