URGENTE: GOVERNO DIZ AO STF QUE PODE COMEÇAR VACINAÇÃO 5 DIAS APÓS REGISTRO NA ANVISA

A Advocacia-Geral da União informou ao Supremo que o Ministério da Saúde poderá iniciar a vacinação contra a Covid-19 em 5 dias após o registro na Anvisa. Isso seria possível tanto para o registro definitivo quanto para o uso emergencial do imunizante.

O plano de imunização prevê que primeiro seriam vacinadas pessoas de quatro grupos prioritários, que incluem idosos, trabalhadores da área da saúdem, indígenas, pessoas com comorbidades, professores e profissionais de segurança.

Para esses, a vacinação duraria quatro meses (um mês para cada grupo prioritário). A vacinação de toda a população, informou o governo, seria feita nos 12 meses seguintes.

“O Ministério da Saúde estima prazo de doze meses para a vacinação da população em geral, o que dependerá, concomitantemente, do quantitativo de imunobiológico disponibilizado para uso, completando-se o plano de vacinação em um total de aproximadamente dezesseis meses”, disse a AGU.



Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.