Profissionais da educação do RN começam a ser imunizados contra a covid-19 na próxima semana

 

Comissão Tripartite (CTI) aprovou na quinta-feira (27), a inclusão dos profissionais de Educação, desde o ensino básico até a educação superior das redes pública e privada, como público prioritário do Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19.

A informação foi confirmada pela governadora Fátima Bezerra. Por meio de suas redes sociais, a gestora, que também é professora, comemorou a conquista, que poderá permitir, com os devidos protocolos de segurança, a retomada das aulas na rede pública de ensino.

“Falei com a coordenadora nacional do PNI, a senhora Franciele, bem como o secretário executivo do Ministério da Saúde, que me confirmaram que o Ministério estará divulgando daqui a pouco, uma nota técnica”, contou Fátima.

No RN, a vacinação desta classe seria iniciada na segunda-feira passada, dia 24. No entanto, houve a suspensão da ação, por decisão da Justiça. A Defensoria Pública e o Ministério Público Estadual explicaram que, de acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Imunização contra a Covid-19, os trabalhadores da educação básica ocupam a 18ª posição e os do ensino superior a 19ª posição na ordem dos grupos prioritários.

Com a decisão desta quinta, tomada pela CTI, a imunização destes profissionais já deve ser iniciada já na próxima semana. Segundo a Governadora, as próximas remessas de vacinas que chegarem ao estado terão uma parte destinada para vacinar os trabalhadores em educação. “É isso gente, valeu o sonho, valeu a luta”, concluiu ela.

LUTA PELA VACINAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO

No início da quinta-feira, a Governadora Fátima esteve reunida com o Fórum Nacional de Governadores para discutir, de forma integrada, a imunização dos profissionais da educação. Na ocasião, ficou decidido que seria elaborado um documento para ser remetido às Comissões Intergestores Bipartites, formadas por secretarias de saúde de estados e municípios, orientando que autorizem a antecipar a vacinação desse grupo.

A audiência foi realizada a pedido do diretor do Centro de Desenvolvimento da Gestão Pública e Políticas Educacionais (DGPE) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o ex-ministro Prof. Henrique Paim, ao lado dos representantes do Movimento Todos Pela Educação, Unicef e Unesco e da Representação da Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação a Ciência e a Cultura (OEI). O encontro contou também com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Na oportunidade, Fátima, que é liderança da Educação do Fórum de Governadores, destacou que as contribuições das entidades dialogam com o que vem sendo discutido pelos gestores, para inclusão dos trabalhadores das escolas nas prioridades da vacinação.

“É preciso antecipar a vacina dos profissionais da educação, do porteiro ao professor, da rede pública e privada. Ninguém vai me convencer de que isso não é possível. É um grito que quero deixar aqui”, disse Fátima Bezerra.

Com informações da Sesap e Mossoró Hoje

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.