COPA AMÉRICA: NESTA QUINTA-FEIRA (17) TEM BRASIL E PERU

 


Nos últimos anos, Brasil e Peru tiveram alguns duelos emblemáticos. Nesta quinta-feira (17), às 21:00hs, pela CONMEBOL Copa América, a Seleção Brasileira terá pela frente o adversário que derrotou na última final da competição, em mais um capítulo importante na história do confronto. O jogo será disputado no Engenhão, no Rio de Janeiro.

O retrospecto é amplamente favorável para a Seleção Brasileira. Em quase 90 anos de rivalidade, são 33 vitórias do Brasil, nove empates e somente cinco triunfos peruanos. Duas dessas derrotas vieram nos últimos cinco anos, uma pela Copa América Centenário e outra em jogo preparatório de 2019. Naquele mesmo ano, o Brasil derrotou o Peru na final da CONMEBOL Copa América, no Maracanã.

A última vez que Brasil e Peru se enfrentaram foi pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. Jogando fora de casa, a Seleção Brasileira venceu por 4 a 2, com três gols de Neymar. Naquela noite, por alcançar a marca de 62 gols com a Amarelinha em jogos contra seleções, o camisa 10 homenageou Ronaldo Fenômeno na comemoração.

O último jogo do confronto foi em outubro de 2020. Pela segunda rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022, o Brasil venceu o Peru por 4 a 2, com um gol de Richarlison e três de Neymar Jr. A partida ficou marcada pelo hat-trick do camisa 10, que chegou a 64 gols com a Amarelinha e deixou para trás Ronaldo, que fez 62 tentos contra seleções nacionais. Na comemoração, para celebrar este feito, Neymar balançou o dedo indicador e mostrou os dentes da frente, em homenagem ao Fenômeno.

Time

Depois do treino desta quarta, em que promoveu entre seis e sete mudanças na escalação, Tite evitou confirmar a equipe que enfrenta Peru. Existe preocupação com o uso das informações pelo técnico Ricardo Gareca, do Peru. "O Gareca tem nos enfrentado muitas vezes. Está há mais tempo que nós mesmos. Tem seis, sete anos na seleção. Ele pode saber a característica do nosso time", disse Tite.

A única mudança confirmada pela comissão técnica é a entrada de Ederson no lugar de Alisson. No meio, a dúvida do treinador está entre Fred e Everton Ribeiro, o que muda toda a configuração do setor ofensivo. No ataque, é grande a chance de escalação do trio Gabriel Jesus, Éverton Cebolinha e Gabigol.

"Existe uma linha próxima entre dar oportunidade e descaracterizar o time. A ideia é manter os atletas nas funções nos clubes. Isso dá a rotina do lugar, a sensação de confiança. Colocar sua individualidade, montar estrutura que ela possa ter bom desempenho, conexões que possam ter", observou o treinador.

Outro jogo
18h – Colômbia x Venezuela
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.