Lázaro teria atravessado rio para voltar a mata fechada, acredita a polícia. Serial killer estaria com o porte de um celular e teria se comunicado com a família

 SÉRIAL KILLER DO DF

 Pastor alemão Sauke é carregado no ombro por PM após se ferir em rio de Cocalzinho de Goiás durante as buscas por Lázaro

 Pastor alemão Sauke é carregado no ombro por PM após se ferir em rio de Cocalzinho de Goiás durante as buscas por Lázaro

Com duas semanas completas de buscas pelo serial killer do DF, Lázaro Barbosa,  a polícia de Goiás acredita que o criminoso tenha fugido fugido pelo rio dos Macacos e depois pelo rio da Areia para chegar em uma área a cerca de 20 km do perímetros de buscas da polícia — que trabalha região entre Águas Lindas e Santo Antônio. As informações são da Record TV.

Segundo a emissora, Lázaro está com um celular, entrou em contato com a família e diz que conta com a ajuda de comparsas. Os agentes não sabem se o criminoso fez o percurso de fuga a pé ou se tem alguém ajudando a dar cobertura.

Diferentemente da semana passada, as buscas agora estão sendo realizadas em uma região de mata aberta — que não é de domínio de Lázaro. Por isso ele teria optado por atravessar o rio para dificultar o trabalho da polícia.

 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.