PM registra homicídio em Assu, Areia Branca, Mossoró e Governador Dix Sept Rosado

 Em Assu, a vítima foi o pastor Roberto Faria. Em Areia Branca, a vítima foi Neguinho do Picolé ou do Xangô. Já na zona rural de Governado Dix Sept Rosado, a vítima é conhecida por Xuxu. Em Mossoró, foi morto a tiros Italo Freitas, no conjunto Indepência. Todos os casos serão investigados pela Policia Civil

Imagem 1 -  Em Assu, a vítima foi o pastor Roberto Faria. Em Areia Branca, a vítima foi Neguinho do Picolé ou do Xangô. Já na zona rural de Governado Dix Sept Rosado, a vítima é conhecida por Xuxu. Em Mossoró, foi morto a tiros Italo Freitas, no conjunto Indepência. Todos os casos serão investigados pela Policia Civil
Em Assu, a vítima foi o pastor Roberto Faria. Em Areia Branca, a vítima foi Neguinho do Picolé ou do Xangô. Já na zona rural de Governado Dix Sept Rosado, a vítima é conhecida por Xuxu. Em Mossoró, foi morto a tiros Italo Freitas, no conjunto Indepência. Todos os casos serão investigados pela Policia Civil

A Polícia Militar foi acionada para quatro ocorrências de assassinato em quatro municípios distintos na região de Mossoró, no início da noite deste sábado, dia 5 de março.

O primeiro ocorreu na comunidade de Morada Nova, zona rural de Assu. A vítima é conhecida por Pastor Roberto Faria, da Igreja Evangélio Quadrangular.  Ele foi executado a tiros por pelo menos 4 homens, que fugiram num carro.

A PM agiu rápido e prendeu o assassino em flagrante na cidade de Itajá-RN. Trata-se de  Jadson Bruno Fernandes Nobrega, de 22 anos. Ele disse que matou o pastor porque este havia tentado contra sua vida. Ele acredita ter feito justiça. Ficou preso.

Em Areia Branca, a vítima também de tiros de doze é Neguinho do Picolé ou do Xangô. Ele ainda foi socorrido por uma ambulância do SAMU, mas não resistiu aos tiros.

Em Governador Dix Sept Rosado, a vítima é o jovem conhecido por Neton ou Xuxu. Ele foi baleado e morreu no Sítio Horizonte. A Polícia Militar já se encontra no local.

Em Mossoró, a vítima Italo Freitas foi morta no espetinho do pai localizado no Conjunto da Integração. Ele ainda tentou correr, mas foi alcançado e morto com tiros de pistola.

O caso de Assu, Governador e Mossoró será necessária uma equipe da Polícia Civil acompanhada com outra do ITEP periciar os locais das ocorrências.

Já no caso de Areia Branca, como ocorreu a tentativa de socorrer a vítima para o hospital local, o corpo será levado ao ITEP pela funerária, para passar por exames periciais.

Os quatro casos, serão investigados em inquérito policial conduzido pela Polícia Civil.


O quinto caso

Ao fechar esta edição, chega a informação de que desconhecidos abriram fogo e mataram Daniel da Silva Ferreira, o Nandim, de 24 anos, na cidade de  Paraú. A PM está no local, aguardando uma equipe de perícia de Mossoró para iniciar as investigações do caso. Nandim já havia sido preso algumas vezes.

Fonte Mossoró hoje



Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.