Após repercussão do escândalo amoroso envolvendo pároco de Candelária, Em Natal (RN), padre em Parnamirim (RN) sugere atear fogo em veículos de imprensa; Assista vídeo

 VÍDEO:

Após a mídia local inclusive o Blogue do FM, noticiar o vazamento do áudio que culminou no escândalo passional envolvendo o pároco de Candelária, Padre Júlio Cezar Souza Cavalcante, a repercussão do caso amoroso vem gerando muita indignação.

Nesse domingo, durante a missa, o Padre Antônio Murilo de Paiva, pároco da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em Parnamirim, sugeriu a fieis que ateassem fogo nos veículos de imprensa, como forma de repúdio à veiculação da notícia, bastante negativa, por sinal. “A ireja precisa reagir!”, exclamou.

Diante disso, o Blog do FM entrou em contato com a Arquidiocese de Natal (RN), mas até o momento não obteve retorno.

Após ter tomado conhecimento dos fatos que vieram à tona envolvendo o padre Júlio, o Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, determinou o afastamento do referido sacerdote de todas as suas funções ministeriais exercidas na Arquidiocese de Natal, a fim de que possam ser apurados os fatos e tomadas as devidas providências. Também determinou que fosse aberta uma investigação prévia, conforme prescreve o Direito Canônico, para que sejam averiguadas as possíveis responsabilidades.

O xerife 

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.