APÓS O FIM DE QUARENTENA, MULHER MORRE AO CAIR DE 35 METROS POSANDO PARA FOTO EM PARQUE


Era para ser uma comemoração, mas acabou em tragédia. Uma mulher caiu de uma altura de 35 metros ao posar à beira de uma cachoeira em viagem para festejar o fim da quarentena do coronavírus.
Com o fim do isolamento social, Olesya Suspitsyna, de 31, originária do Cazaquistão, decidiu visitar, no último domingo (26/4), o popular Parque Duden, na cidade de Antalya (Turquia), onde morava e trabalhava como guia de turismo havia cinco anos.
Olesya estava acompanhada de uma amiga. Durante uma caminhada, a cazaque pulou uma cerca e se aproximou de uma cachoeira para posar para foto, contou o "Sun". A mulher escorregou e acabou despencando.
Uma equipe de emergência do parque retirou Olesya da água, mas ela já estava morta.
No Instagram, Olesya se mostrava encantada com a Turquia: "Sempre admirei a beleza da natureza na Turquia. Este é o meu paraíso". Ela guiava especialmente turistas russos e de ex-repúblicas soviéticas.
A amiga Olga Kravchuck escreveu após a tragédia no parque: "Olesya amava o mar e sempre sonhou morar na Turquia. Ela realizou o sonho".
A Turquia já registrou oficialmente mais de 115 mil casos de Covid-19, com pouco mais de 3 mil mortes.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.