Fábio Faria deixa o PSD, filia ao PP e afirma: “Estou entre amigos e estou feliz

O ministro das Comunicações, Fábio Faria (RN), se filiou, nesta quinta-feira (24), ao Partido Progressistas (PP), na liderança da legenda na Câmara dos Deputados, ao lado de caciques da sigla. O deputado licenciado estava filiado ao PSD.

Cotado para disputar o governo do Rio Grande Norte ou o Senado Federal pelo estado, Faria decidiu não concorrer a nenhum cargo na eleição de outubro. O candidato do governo de Jair Bolsonaro à Casa Alta será o ministro Rogério Marinho (PL-RN).

Faria destacou que quando foi eleito pela primeira vez deputado federal, em 2007, os parlamentares do PP o acolheram. “Sinto como se eu estivesse registrando minha casa no cartório”, disse Faria. “Me tenham como soldado. Pretendo nunca mais sair do PP, estou entre amigos e estou feliz”, acrescentou.

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o presidente nacional do PP, o deputado Cláudio Cajado (BA), o líder do partido na Câmara, André Fufuca (MA), o líder do governo, Ricardo Barros (PP-PR), entre outros compareceram ao ato.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.