De quem é a culpa?...: Bolsonaro admite que educação brasileira ta "horrível"

Jornal Folha de São Paulo destaca que após demitir três ministros da Educação em um ano e meio de governo, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, 2, que a situação da educação brasileira está "horrível". Em conversa com apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada, pela manhã, Bolsonaro também disse que "talvez escolha hoje" o novo titular da pasta, que está vaga desde a demissão do professor Carlos Alberto Decotelli, na terça-feira, 30.

Segundo Bolsonaro, "deu problema" com Decotelli, que ficou apenas cinco dias como ministro e nem sequer chegou a tomar posse após polêmicas sobre inconsistências em seu currículo. "Talvez eu escolha hoje o ministro da Educação", disse o presidente aos apoiadores, sem adiantar qualquer nome.

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.