REAÇÃO: Codern rebate Prefeitura de Areia Branca sobre quadro de covid-19 na cidade e lamenta que ela encare companhia como inimiga

Costa Branca: Prefeitura de Areia Branca gastará mais de R$ 4 mil ...

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte enviou ao Blog do Dina nota em que rebate o posicionamento da Prefeitura de Areia Branca.

Reportagem do Blog do Dina revelou que o município da Costa Branca tem a terceira maior taxa de mortes por covid-19 no Brasil.

A publicação levou a Prefeitura a emitir nota para explicar o caso. Em seu texto, a gestão da prefeita Iraneide Rebouças citava entre seus argumentos, que os primeiros casos de covid-19 foram registrados em trabalhadores do porto-ilha, sob a gestão da Codern.

A companhia procurou o Blog do Dina para contestar.

Em nota, afirmou que tomou medidas sobre o assunto ainda em janeiro deste ano e que lamenta que a prefeitura de Areia Branca a encare como inimiga, a despeito da geração de emprego e renda na cidade.

Confira:

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Autoridade Portuária que administra o Terminal Salineiro de Areia Branca, esclarece que iniciou seu trabalho preventivo ao Coronavírus nos Portos do RN, em 29 de janeiro, quando adotou as providências e as precauções, inclusive, realizando uma reunião na sede da empresa com a presença do Diretor-Presidente da CODERN, Elis Treidler Öberg e de representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), da Secretaria Estadual de Saúde Pública, da Polícia Federal, da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte e do Hospital Naval de Natal.

Um Plano de Ação vem sendo executado pela CODERN desde a data da reunião, cumprindo os protocolos determinados pelas autoridades sanitárias.

No decorrer de todo esse período, desde janeiro até o presente momento, a CODERN disponibilizou Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos colaboradores, passou a utilizar o teletrabalho aos funcionários acima de 60 anos ou com comorbidades que lhe colocam em situação de risco, realizou a testagem dos colaboradores em trabalho presencial e militares das Forças Armadas realizaram a desinfecção no Terminal Salineiro de Areia Branca e no Porto de Natal.

Por fim, a CODERN lamenta o tratamento recebido por parte da Prefeitura de Areia Branca, que ao invés de uma relação profícua, optou ser inimiga da Companhia, que tanto contribui para o desenvolvimento da região salineira, através do Porto-Ilha.

Natal – RN, 11 de julho de 2020

Nenhum comentário

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.