Flagrado com R$ 15 mil na cueca, candidato a vereador é acusado de compra de votos

 

O candidato a vereador na cidade de Carira, estado de Sergipe, Edilvan Messias dos Santos, conhecido por Vanzinho de Altos Verdes (PSD), foi flagrado pela Polícia Militar daquele estado com R$ 15,3 mil escondidos na cueca. Nesta quarta-feira (22), o candidato foi preso em flagrante por suspeita de compra de votos. 


A quantia em dinheiro na peça íntima relembra o caso do ex-vice líder do governo Bolsonaro no Senado, Chico Rodrigues (DEM), flagrado pela Polícia Federal com R$ 33 mil entre as nádegas.

 
No caso do vereador, a PM sergipana recebeu uma denúncia do suposto crime eleitoral e foi informada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que dois carros estavam circulando pelo Povoado Altos Verdes, zona rural do município de Carira. Após buscas, os agentes encontraram material de campanha no interior de um dos veículos. 


Ao revistar o candidato, os policiais militares encontraram a quantia escondida em sua cueca.


O material foi apreendido e o candidato conduzido até a Delegacia Carira e liberado em seguida. Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil, que vai investigar o caso.
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.