MOSSORÓ-RN: DUPLA QUE MATOU VENDEDOR DO VUCO VUCO É CONDENADA A 26 ANOS DE PRISÃO

 

Em Sessão Ordinária do Tribunal do Júri Popular realizado no plenário do Fórum Desembargador Dr. Silveira Martins, presidido pelo Juiz Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, com início às 09 horas e termino às 18 horas de terça-feira, 24 de novembro de 2020, sentando no bando dos réus, GILVAN GONZAGA DO NASCIMENTO NETO, 22 anos, morador do Bairro Pintos em Mossoró/RN e MARCELO ADRIANO DO NASCIMENTO MOURA, 22 anos, morador do Bairro Alto da Pelonha em Mossoró/RN, que por volta das 20h30min, do dia 22 de março de 2019, assassinou a tiros em via pública, da Avenida Vingt Rosado Neto no Alto da Pelonha em Mossoró, a pessoa de: YURI PABLO DE OLIVEIRA MOTA, sem chance de defesa.
A sessão foi presidida pelo Juiz Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, tendo como acusação o Promotor de Justiça Ítalo Moreira Martins representando o Ministério Público Estadual e na defesa do réu atuou os advogados, Pablo Kenderson de Oliveira Paiva e Emmanoel Nogueira do Vale.
O Conselho de Sentença representado por sete membros da sociedade por maioria absoluta acompanhou a tese do Ministério Público, votando pela condenação dos réus por homicídio qualificado contra YURI PABLO, o juiz presidente do tribunal do júri Dr. Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, leu o relatório final do julgamento, anunciando a sentença condenatória de 14 anos de prisão em regime fechado, em desfavor do réu GILVAN GONZAGA DO NASCIMENTO NETO e 12 anos em regime fechado em desfavor do réu MARCELO ADRIANO DO NASCIMENTO MOURA.

Passando na Hora

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.