Reeleição de prefeitos bate recorde: 2.237

Continuidade é a marca das eleições municipais de 2020. Levantamento preliminar da Confederação Nacional de Municípios (CNM), mostra que os eleitores de 2.237 cidades reelegeram os atuais gestores no domingo passado, maior número já registrado no país desde a aprovação da emenda constitucional que permitiu a prefeitos, governadores e presidentes a concorrer a um segundo mandato, em 1998.

Os dados levantados pela CNM no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda podem sofrer alterações, em função de candidatos que disputaram o pleito sub judice e das dificuldades no processamento dos dados vista este ano.

Mesmo assim, dificilmente o número será inferior aos 2.135 casos de recondução de prefeitos observado em 2000, primeiro ano em que os gestores municipais puderam disputar um novo mandato consecutivo.



Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.