ESTA TUDO CAMINHANDO PARA UM BURACO; PETROBRAS VENDEU REFINARIA NA BAHIA PELA METADE DO PREÇO, APONTA ESTUDO

Uma análise realizada pelo Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep) apontou que a Petrobras negociou a venda da Refinaria Landulpho Alves (Rlam), na Bahia, pela metade do valor que poderia receber.

Segundo os cálculos do Ineep, a Rlam está avaliada entre US$ 3 bilhões e US$ 4 bilhões. Na semana passada, a Petrobras anunciou que o grupo Mubadala Capital, dos Emirados Árabes, venceu a disputa pela refinaria com uma oferta de US$ 1,65 bilhão. O Ineep é um instituto ligado à Federação Única dos Petroleiros (FUP), que representa os trabalhadores. A Petrobras afirmou, em nota, que a negociação foi realizada a partir de uma faixa de valores, que considera as características técnicas, de produtividade e do potencial da refinaria, assim como cenários corporativos para planejamento.

"Além disso, a Petrobras contrata assessores financeiros independentes (bancos ou instituições financeiras com reconhecida experiência) para avaliar as transações e atestar se o valor de venda é justo do ponto de vista financeiro", diz a nota (veja a íntegra no fim deste texto).

A empresa ressaltou, ainda, que todo o processo é auditado por órgãos de fiscalização, e que a venda só é concluída "após aprovação das instâncias competentes".

Como foram feitos os cálculos do Ineep 

As estimativas do Ineep se baseiam no fluxo de caixa da refinaria. A partir dos resultados obtidos pela Rlam, os pesquisadores projetaram as receitas e despesas da empresa para os próximos anos.

LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Giulia Fontes/UOL



Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.