Pai que prendeu filho em tonel pode pegar dez anos de cadeia. Entendimento também poderá ser aplicado a madrasta e irmã do garoto

 MENINO SEGUE INTERNADO

O menino foi resgatado no último sábado, em Campinas (SP)

São Paulo - O pai do menino de 11 anos que foi encontrado dentro de um tonel e com sinais de desnutrição no quintal de uma residência, em Campinas, poderá ser condenado a cerca de dez anos de prisão. O entendimento também poderá ser aplicado a madrasta e irmã do garoto. 
 
De acordo com ajuíza de direito Ivana Davi, que atua na 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), o caso pode ser enquadrado comocrimes de tortura e maus tratos, entre outros.
 
De acordo com ajuíza de direito Ivana Davi, que atua na 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), o caso pode ser enquadrado comocrimes de tortura e maus tratos, entre outros.
 
Os suspeitos tiveram a prisão preventiva decretada na última segunda-feira (1). Já o menino foi libertado por policiais militares no dia 30 de janeiro, após denúncia de vizinhos.
 
O menino permanece internado para a recuperação física e deverá ser encaminhado a um abrigo. 




Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.