Após deboche de Maju, Globo sai em defesa da apresentadora. Emissora divulgou nota em que defendeu a polêmica declaração da jornalista

 DECLARAÇÃO

 Maju Coutinho foi alvo de críticas após declaração no Jornal Hoje

Após a repercussão negativa da declaração da apresentadora Maju Coutinho, nesta terça-feira (16), que disse que “o choro é livre” para quem não aceita o lockdown, a Rede Globo saiu em defesa da contratada nesta quarta-feira (17). Para a emissora, a jornalista apenas defendeu “as medidas de isolamento social”, mesmo reconhecendo que são uma estratégia “amarga”.

– Maria Julia Coutinho quis dizer ontem que, por mais amargas que sejam, as medidas de isolamento social são necessárias. Sobre a dor daqueles que precisam manter seus negócios fechados, assunto abordado no Jornal Hoje desta quarta-feira, Maria Julia Coutinho disse ao final da reportagem: ‘Desejo também agilidade do governo e do Congresso para atender os empresários e também as famílias que estão aguardando auxílio emergencial’ – disse a emissora em nota à coluna de Leo Dias, no portal Metrópoles.

Nesta quarta, Maju Coutinho foi duramente criticada nas redes sociais por dizer que “o choro é livre” para aqueles que são contra medidas de isolamento social. A observação foi considerada um “deboche” e a apresentadora foi acusada de ser “insensível” com os milhões de trabalhadores que, apesar do medo, têm a necessidade de se expor diariamente ao vírus para sustentar suas famílias.

– Os especialistas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis agora para conter a circulação do vírus. O choro é livre, não dá para a gente reclamar, é isso que tem – disse a jornalista ao comentar a situação do Brasil.

Internautas não aceitaram bem a declaração e os termos “o choro é livre” e “#GloboLixo” ficaram entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta quarta.

 

(Por:Pleno News)

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.