Assessor de Leonardo morre após ser atingido por tiro acidental em fazenda do cantor em Jussara

 

Filho do cantor, Zé Felipe, postou vídeo com o amigo em rede social e lamentou a morte. Milton Rodrigues, conhecido como Passim, trabalhava no meio artístico há 30 anos.
Um assessor do cantor Leonardo morreu atingido por um tiro acidental de arma de fogo nesta quinta-feira (4) na fazenda Talismã, de propriedade do artista, localizada em Jussara, no noroeste do estado. Milton Rodrigues, conhecido como Passim, trabalhava no meio artístico há 30 anos.
Segundo a assessoria de imprensa do cantor, a causa da morte foi acidental, mas as circunstâncias ainda não foram esclarecidas.
A assessoria da Polícia-Técnico Científica informou que equipes de Perícia Criminal e de Medicina Legal fizeram a perícia no local e no corpo com o objetivo de fornecer suporte técnico-científico às investigações da Polícia Civil.
HO cantor Zé Felipe, filho de Leonardo, postou vídeo com Passim em sua rede social nesta noite e disse que "não dá para acreditar" a perda do amigo (veja acima).
No vídeo, Zé Felipe e Passim brincam juntos e o artista pede para que o amigo não morra nunca.
"Se você morrer, eu desenterro você e ponho em pé de novo", diz Zé Felipe.
A noiva de Zé Felipe, Virginia Fonseca, postou uma imagem de luto na rede social e lamentou a morte de Passim.
"Infelizmente perdemos uma pessoa muito especial para nós. Que Deus conforte a família. Vamos sentir sua falta Passim", escreveu.
Amigos de Passim também postaram mensagens de luto nas redes sociais e fizeram homenagens.

Fonte: G1
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.