Garotada do Flamengo vence Nova Iguaçu com um golaço no último minuto. O Rubro-Negro, representado pelo time Sub-20 e comandado por Mauricio Souza, fez uma partida apática, mas fez o dever de casa e iniciou o Estadual 2021 com vitória

CAMPEONATO CARIOCA

Foto:  Marcelo Cortes / Flamengo -  Marcelo Cortes

 Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Com elenco rechegado de jovens talentos, o Flamengo estreou no Campeonato Carioca contra o Nova Iguaçu, fez uma exibição ruim, mas conseguiu a vitória no último minuto, com um golaço de Max em um chute de fora da área. O time Sub-20, com os reforço de Gabriel Batista, Natan, Matheuzinho, João Gomes e Rodrigo Muniz, não foram bem em campo, apresentaram cansaço físico e pouca movimentação tática. 
 
No primeiro tempo, o Flamengo mostrou um volume de jogo maior do que o Nova Iguaçu e marcava sob pressão para tentar fazer com que o adversário errado. O time da Baixada, sem espaço, se fechava e apostava na estratégia do contra-ataque. A primeira grande oportunidade do jogo foi acontecer apenas aos 20 minutos., nos pés de Daniel Cabral.
 
Após Daniel Cabral quase abrir o placar, o Flamengo mostrou pouca qualidade na transição e não conseguia transformar a posse de bola em perigo de gol. Aos 41, o Rubro-Negro voltou a levar perigo ao gol de Luis Henrique. Rodrigo Muniz aproveitou falha da defesa do Nova Iguaçu, invadiu a área sozinho e tocou para o lado. Ramon chegou na bola, mas não conseguiu o chute e desperdiçou boa oportunidade de abrir o placar.
 
Os 45 minutos iniciais foram duros de se ver. Jogadores do Flamengo sem conseguir mostrar poder de reação e os atletas do Nova Iguaçu se contentando com o empate sem gols com o Rubro-Negro.
 
Na segunda etapa, o jogo continuou apático, com a garotada do Flamengo não conseguindo repetir as boas exibições do elenco principal. O técnico Mauricio Souza não conseguia fazer com que os jogadores rubro-negros evoluíssem em campo, e o roteiro foi o mesmo do primeiro tempo: muita posse de bola e pouca criatividade. Um jogo fraco tecnicamente e de dar sono.
 
Aos 35, o Nova Iguaçu deu um susto nos torcedores que estavam quase dormindo assistindo ao jogo. Abuda chutou de muito longe, o goleiro Gabriel Batista não levou fé na finalização, ficou apenas olhando, e a bola explodiu no travessão. Mas, depois disso, a sonolência voltou a tomar conta do jogo. Quando as duas comissões técnicas já esperavam o apito final, eis que surge a habilidade de Max. O meia recebeu fora da área e chutou de primeira, no Ângulo do goleiro adversário, sem chances. Uma pintura no Maracanã. Depois disso, a árbitra apitou o fim de jogo.
 
 O Flamengo volta a campo no sábado para pegar o Macaé no Maracanã, às 18h, pela segunda rodada do Campeonato Carioca. A tendência é que o zagueiro Bruno Viana, primeiro reforço para 2021, o volante Hugo Moura, o meia Pepê e o atacante Michael estejam na lista de relacionados para este duelo.
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.