Haddad aposta na reeleição de Fátima Bezerra em 2022: “Agora tem uma pessoa do povo governando o RN”

 POLÍTICA,  RN

DE ACORDO COM EX-MINISTRO DA EDUCAÇÃO, GOVERNADORA TEM “TRAJETÓRIA EXEMPLAR” E DESENVOLVE TRABALHO “DIGNO” NO RN. FOTO: DIVULGAÇÃO 

O ex-presidenciável Fernando Haddad (PT) afirmou nesta sexta-feira (14), em entrevista à 98 FM Natal, que avalia que a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), será reeleita para o cargo em 2022. De acordo com o ex-ministro da Educação dos governos Lula e Dilma Rousseff, Fátima Bezerra tem uma “trajetória exemplar” e tem desenvolvido um trabalho “digno” à frente do governo potiguar.

“Fátima tem uma trajetória política impecável. Uma mulher que veio do nada e que se tornou governadora, senadora, deputada. Uma mulher com uma trajetória exemplar, com compromisso social, dignidade. A única mulher que governa um estado no Brasil é ela, no Rio Grande do Norte. Uma pessoa que é minha querida. Se o meu trabalho foi importante no Rio Grande do Norte na área da educação, eu devo muito a Fátima”, afirmou.

Haddad registrou que, ao ser eleita governadora em 2018, Fátima quebrou um ciclo de alternância de poder no Rio Grande do Norte que privilegiava, segundo ele, apenas figuras ligadas a famílias tradicionais da política potiguar – que ele classificou como “oligarquias”.

“Eu acho que ela é uma pessoa que vai ter muito sucesso na sua reeleição, porque tem sido muito digno o trabalho dela. E ela venceu uma oligarquia de quantos anos? Quantos anos esse Estado ficou nas mãos dos oligarcas? Agora, tem uma pessoa do povo governando o Estado. E o povo tem que saber aproveitar a oportunidade de ter alguém com tanto compromisso social quanto ela à frente de um estado, que a vida toda ficou trocando de mão de uma família para outra, e o povo não seguia representado no governo estadual”, frisou o ex-presidenciável.

O ex-ministro da Educação ironizou, ainda, pesquisas que mostram que o natalense desaprova, em sua maioria, a gestão de Fátima Bezerra na pandemia da Covid-19. “Eu não conheço a pesquisa, mas a pessoa fala que a gestão da Fátima é pior do que a do Bolsonaro? Pior do que o Bolsonaro? Eu custo a acreditar que alguém pode achar que no mundo exista alguém pior do que o Bolsonaro”, finalizou.


(Por:98 FM)

Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.