QUATRO ELEMENTOS MORREM NO HRTM APÓS TROCA DE TIROS COM A POLÍCIA MILITAR EM MOSSORÓ-RN

 

Francisco Alisson e Dewene dos Santos morreram no confronto

Após uma intensa perseguição e troca de tiros entre policiais da Força Tática e criminosos armados, que terminou próximo ao viaduto na Avenida Abel Coelho, bairro Abolição II, terminou com quatro elementos mortos na noite deste sábado (29).
Diversas viaturas da polícia militar foram mobilizadas, após o CIOSP receber informações que elementos em um veículo EcoSport de cor branca roubado estavam realizando assaltos na região dos Abolições e Santa Delmira, após diligências pela região, se depararam com os elementos no veículo. Houve uma perseguição e uma intensa troca de tiros, durante a perseguição o veículo conduzido pelos elementos colidiu com dois postes, sendo que um deles caiu por cima da viatura da FT. Após perderem o controle do veículo, um deles desceu do veículo atirando contra a guarnição da PM.
Segundo informações, quatro elementos foram baleados e socorridos para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) e acabaram não resistindo, vindo a óbito ao dar entrada na unidade hospitalar. Com a quadrilha, a polícia apreendeu 3 armas de fogo e recuperou objetos e o veículo roubado.
Três suspeitos mortos no confronto foram identificados: Francisco Alisson da Cruz Fortunato, o "Assim" de 19 anos, A.K.L.S de 16 anos, e Dewene dos Santos, conhecido como "Caraubas" de 20 anos. O outro elemento ainda não foi identificado. Francisco Alisson e Caraúbas tinha passagem pelo sistema prisional por crimes de roubo. Dewene dos Santos, era acusado de ter matado o sargento da reserva da PM Luiz Valdécio Faustino, crime ocorrido em março de 2018 no Bairro Aeroporto em Mossoró. (RELEMBRE)

passando na hora


Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.