Menina morre após explosão de celular

 

Uma menina de 10 anos, internada após sofrer queimaduras causadas pela explosão de um celular, que estava conectado ao carregador na tomada, morreu neste domingo 25, no Hospital Geral do Estado (HGE) de Maceió, em Alagoas.
A criança sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus em 40% do corpo. Geovana Pereira foi internada em 15 de julho, data do acidente. De acordo com o portal G1, enquanto a menina dormia, o aparelho explodiu, e o cômodo foi tomado pelas chamas. O caso ocorreu no município de Pão do Açúcar, que fica a 230 km da capital Maceió. No mesmo quarto, dormia um menino de dois anos, que teve ferimentos leves.
Perigos de usar o celular conectado no carregador Usar o celular enquanto está carregando é um hábito cada vez mais comum. Nos tempos atuais, o aparelho nos acompanha para cima e para baixo, até na hora de dormir ou de acordar. Mas há momentos, como esses, que devemos deixá-lo de lado.
Por mais que seja raro de acontecer, mexer no telefone ligado na tomada pode causar choques e explosões. Dados mais atuais da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel) apontam que, em 2019, foram registrados 37 acidentes com celulares e 19 mortes.
O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, referência em atendimentos de traumas e queimaduras para mais de 140 municípios paraenses, recebeu na segunda-feira, 26/4, duas crianças com queimaduras de 2º e 3º grau por conta de descargas elétricas. “Um choque, curto-circuito, incêndios ou explosões provocadas por carregadores de celular não é algo tão comum, mas o perigo existe sempre que estamos falando de redes elétricas”, afirmou o coordenador da Tecnologia da Informação da unidade, William Bendelak.
Além de evitar usar o celular enquanto carrega, uma série de práticas simples podem impedir que ele superaqueça e eventualmente exploda.

São elas: – Desligar durante a carga;
-Usar apenas carregadores originais, homologados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações);
– Tirar o smartphone da tomada durante chuvas fortes e de grande duração. A condição atmosférica gera descargas que podem representar riscos à segurança da rede elétrica;
– Jamais usar fones de ouvido com celular conectado à tomada;
– Nunca abafar o celular no momento do carregamento. Fazemos isso, por exemplo, quando deixamos ele embaixo do travesseiro;
– Não deixar o aparelho em locais úmidos;
– Retirar o carregador da tomada depois que completar a recarga;
– Fazer reparos constantes na instalação elétrica da residência. Em caso de acidente, é preciso agir rápido:
– Chame uma ambulância ligando 192;
– Desligue imediatamente a fonte de energia do local;
– Afaste a pessoa do aparelho que está causando o choque usando uma madeira.

Fonte: G1
Jacó Costa. Tecnologia do Blogger.